Atena

Definição

Mark Cartwright
por , traduzido por Joana Mota
publicado em 24 Maio 2012
X
translations icon
Disponível em outros idiomas: Inglês, Francês, Espanhol, Turco
Athena Statue (by Carole Raddato, CC BY-SA)
Estátua de Atena
Carole Raddato (CC BY-SA)

Deusa da sabedoria, da guerra e dos ofícios e a filha favorita de Zeus, Atena era, talvez, a mais sábia, a mais corajosa e, certamente, a mais engenhosa dos deuses do Olimpo.

Zeus foi informado de que o seu filho ia usurpar o seu trono, tal como ele tinha retirado o poder ao seu pai, Cronos. Consequentemente, quando Métis estava grávida, ele engoliu-a e Atena nasceu a partir da cabeça de Zeus, envergando uma armadura e totalmente crescida. Um tema popular na arte grega antiga, com Hefesto frequentemente retratado no papel de parteira, a cortar a cabeça de Zeus a meio com um machado.

Remover publicidades

Advertisement

Os epítetos de Atena incluem Pallas (menina) e Parthenos (virgem), vivências através das quais ela se distingue entre os deuses da mitologia grega por não se entregar a relações ilícitas com outras divindades, semideuses ou mortais. Outros epítetos eram Promachos (da guerra) - talvez em referência a um estado de guerra mais patriótica, defensiva e estratégica, em vez de uma guerra de ataque, em contraste com o seu irmão mais agressivo e amante do conflito, Ares, Ergane (dos ofícios) e Nike (vitória).

ATENA NÃO ERA ALGUÉM COM QUEM SE DEVESSE BRINCAR, COMO DEmonstra A SUA TRANSFORMAÇÃO DE MEDUSA NUMA GÓRGONA.

A deusa não era alguém com quem se devesse brincar, como demonstra a sua transformação de Medusa numa Górgona, e o seu sentido de justiça era tal que atos de impiedade eram vingados rapidamente, como aconteceu com os heróis Aqueus após a captura de Troia e a profanação do santuário da deusa.

Remover publicidades

Advertisement

Atena também está associada ao artesanato doméstico, dando aos mortais o dom de cozinhar e costurar. Diz-se que ela inventou os aulos, mas ao ver o seu reflexo e as suas bochechas inchadas ao tocar essas flautas, deitou-os fora, para serem encontrados pelo sátiro Marsias.

Ela está fortemente associada a Atenas, a cidade batizada em sua honra quando o povo de Ática a escolheu como patrona após esta os presentar com a oliveira, símbolo da paz e abundância. O Partenon, templo do século V AEC, que continua até hoje a dominar a acrópole da cidade, foi construído em seu tributo. O seu filho adotivo Erichthonios, um dos primeiros reis de Atenas, é tradicionalmente reconhecido por inaugurar o festival Panatenaico, realizado a cada quatro anos para homenagear a deusa. O festival incluiu uma magnífica procissão pela cidade, a apresentação a Atena de um peplos especialmente tecido (retratando a Gigantomaquia) e jogos atléticos. Os prémios dos jogos eram ânforas pintadas com a figura de Atena e continham do melhor azeite. No seu papel de protetora, ela também foi reverenciada em muitas outras cidades importantes, notavelmente como patrona de Esparta, como fundadora de Tebas na Beócia e em Corinto, onde ela apareceu nas moedas da cidade.

Remover publicidades

Advertisement

Athena Parthenos Reconstruction
Reconstrução de Athena Parthenos
Mary Harrsch (Photographed at the Nashville Parthenon, Tennessee) (CC BY-NC-SA)

Protetora de Hércules, Atena ajuda-o com frequência nos seus doze trabalhos, por exemplo, ao auxiliá-lo a segurar o mundo enquanto Atlas procura as maçãs sagradas das Hespérides. Perseu era outro favorito e recebeu um escudo para se proteger na sua missão de matar a Medusa. Aquiles é ajudado a matar Heitor e também Odisseu costumava receber o benefício da sabedoria de Atenas, por exemplo, a ideia de se vestir como um mendigo ao voltar a Ítaca e também é protegido das flechas dos seus rivais enquanto retira os intrusos do palácio. Jasão foi mais um herói que beneficiou da engenhosidade de Atena quando ela encorajou Argo a construir o primeiro navio grego, que levaria o seu nome e a fama dos Argonautas.

Atena foi uma das principais protagonistas do relato de Homero sobre a Guerra de Troia na Ilíada, onde apoia os Aqueus e os seus heróis, especialmente Aquiles, a quem encoraja e dá sábios conselhos, Menelau, que é salvo da flecha de Pândaro e Diomedes, cuja lança, num episódio impressionante, é desviada para ferir o próprio Ares. Afrodite foi outra divindade que ficou em segundo lugar quando entrou em conflito com Atena. Ela também deu proteção a Odisseu e é reconhecida por lhe ter dado a ideia do Cavalo de Madeira. Tanto Homero quanto Hesíodo se referem a Atena como 'olhos brilhantes' e 'Tritogeneia'. Ela também é frequentemente chamada de 'deusa do despojo', 'deusa de cabelos belos' e 'Atena Alalkomenaian'.

Os objetos associados à deusa incluem uma coruja - símbolo da sabedoria - e a oliveira. Na arte, ela é, geralmente, retratada com uma armadura, um capacete dourado, um escudo e a segurar uma lança. Em alguns relatos, a sua armadura é a égide feita da pele de um gigante, com borlas de ouro penduradas e com a cabeça da Górgona que lhe foi dada por Perseus. A representação mais famosa de Atena no mundo antigo foi, sem dúvida alguma, a monumental estátua de ouro e marfim que residia no Partenon de Atenas e tinha mais de 12 m de altura, esculpida por Fídias. A estátua foi perdida, mas sobrevive na forma de cópias romanas de menor dimensão, que mostram Atena majestosa, totalmente armada, segurando Nike na mão direita e com um escudo na esquerda em representação da história das Batalhas das Amazonas com os Gigantes. No seu capacete estava uma esfinge e dois grifos. Os célebres retratos sobreviventes de Atena incluem frisos do Partenon e metopes do templo de Zeus em Olímpia.

Remover publicidades

Advertisement

Remover publicidades

Publicidade

Bibliografia

Sobre o tradutor

Joana Mota
Sou portuguesa e, atualmente, vivo em Portugal. Sou estudante de mestrado e futura farmacêutica. Adoro ler sobre história. Acho que o passado é incrivelmente fascinante.

Sobre o autor

Mark Cartwright
Mark é um historiador que vive na Itália. Seus interesses incluem cerâmica, arquitetura, mitologia e a descoberta das ideias que todas as civilizações partilham entre si. Tem Mestrado em Filosofia Política e é o Diretor de Publicação na Enciclopédia da História Mundial.

Citar este trabalho

Estilo APA

Cartwright, M. (2012, Maio 24). Atena [Athena]. (J. Mota, Tradutora). World History Encyclopedia. Recuperado de https://www.worldhistory.org/trans/pt/1-488/atena/

Estilo Chicago

Cartwright, Mark. "Atena." Traduzido por Joana Mota. World History Encyclopedia. Última modificação Maio 24, 2012. https://www.worldhistory.org/trans/pt/1-488/atena/.

Estilo MLA

Cartwright, Mark. "Atena." Traduzido por Joana Mota. World History Encyclopedia. World History Encyclopedia, 24 Mai 2012. Web. 06 Jul 2022.