Europa

Definição

Mark Cartwright
por , traduzido por Jonas Tenfen
publicado em 25 Outubro 2018
X
translations icon
Disponível em outros idiomas: Inglês, Francês, Italiano, Turco
Europa & the Bull of Zeus (by Unknown Artist, Public Domain)
Europa & o Touro de Zeus
Unknown Artist (Public Domain)

Europa é um personagem da mitologia grega que, posteriormente, deu seu nome ao continente europeu. Em uma popular versão de sua história, Europa era uma princesa fenícia que foi raptada por Zeus e rapidamente levada à Creta; o rei Minos, aquele famoso pelo labirinto do Minotauro, seria um descendente da violação de Zeus. A lenda de Europa, e particularmente a procura dela por seus três irmãos, talvez seja reflexo da colonização fenícia no Mediterrâneo, de 1200 a 800 a.C.

Rapto de Europa por Zeus

De acordo com Hesíodo, em sua Teogonia, Europa é a filha de Oceano com a titânide Tétis (p. 357), enquanto que na Ilíada, de Homero, ela era filha de Fênix, filho de Agenor. Em outra versão da narrativa, Europa é uma princesa fenícia, filha de Agenor, rei fenício da cidade de Tiro, sendo Fênix o seu irmão. Esta última versão dos eventos foi apresentada pelo historiador Heródoto (1.2.1), no século 5º a.C.

Remover publicidades

Advertisement

Um dia, enquanto Europa estava se divertindo com amigos na praia, Zeus a viu e imediatamente se apaixonou por ela. Em uma estratégia de galanteio um tanto bizarra, Zeus se transformou em um touro branco, ou enviou um belíssimo touro branco cortejar a princesa. Europa ficou, de fato, encantada com o animal dócil e o adornou com flores. Então, pensando que poderia montar uma fera tão gentil, ela subiu em suas costas, foi quando o touro a carregou para o mar, subiu aos céus e levou Europa para longe da Fenícia. Touros voadores talvez não sejam os melhores animais para transporte aéreo, desse modo, não foi nenhuma surpresa quando o touro caiu rapidamente no mar. Então, os dois nadaram até Creta. Uma vez na ilha, Zeus forçou relações com a princesa, e o casal teve três filhos: Minos, o futuro rei de Cnossos; o sábio Radamanto, que acabaria se tornando um dos juízes do submundo; e, em uma tradição um pouco tardia, o grande guerreio e aliado de Troia, Sarpedão. Zeus era um deus muito volúvel em seus relacionamentos amorosos, assim, na sua despedida, deixou à Europa alguns presentes: um cão que sempre pegava sua presa; um guarda-costas, Talos, o autômato de bronze; e, uma lança de arremesso que sempre acertava o seu alvo.

A busca pela Europa e consequente fundação de assentamentos também reflete a realidade histórica da colonização fenícia ao longo do Mediterrâneo.

Enquanto isto, quando Agenor descobriu o desaparecimento de sua filha, ele enviou seus três filhos a fim de encontrá-la. Eles eram Fênix, Cilix e Cadmo, e apesar de nunca terem encontrado a irmã, estes jovens fundaram (ao menos na mitologia) novos assentamentos na Fenícia, Cilícia e Tebas – respectivamente – e se tornaram os patriarcas destes povos.

Remover publicidades

Advertisement

A história termina quando, posteriormente, Europa encontrou consolo nos braços de Astério, o rei de Creta, quem a desposou e adotou os filhos dela com Zeus. Por fim, o touro que Zeus criou se transformou na constelação de Taurus. O mito pode ter base em eventos históricos, talvez representando a atual Idade do Bronze quando grupos de invasores da Creta Minoica ou Micênica atacaram Tiro e levaram tesouros de volta para a ilha, ou, alternativamente, representa um primeiro ataque helênico a Creta. A busca pela Europa e consequente fundação de assentamentos também reflete a realidade histórica da colonização fenícia ao longo do Mediterrâneo entre os séculos 12 e 7° a.C., o que hoje é atestado por evidências arqueológicas.

Europa & Zeus
Europa & Zeus
Carole Raddato (CC BY-SA)

Nome & Continente

O nome Europa significa “cara achatada” e provavelmente se refere à lua cheia. De modo alternativo, se a palavra for dividida como eu-rope, passa a significar “bem irrigada”. Os antigos gregos aplicavam, primeiramente, a palavra Europa para a área geográfica do centro da Grécia e, depois, para toda a Grécia. Em 500 a.C., Europa significava o continente europeu por inteiro (apesar de os gregos serem realmente familiares apenas com as áreas ao redor do Mediterrâneo), sendo a Grécia o seu limite oriental. O rio Dom, norte do Mar Negro, era tradicionalmente considerado a fronteira com a Ásia. Heródoto (4.45) menciona que o continente é conhecido como Europa, mas admite que os limites exatos eram desconhecidos e que ele não conseguiu descobrir porque Europa foi o nome escolhido. Heródoto destacou o curioso fato de que os Gregos utilizaram o nome de três mulheres para as três grandes massas de terra que eles conheciam: Europa, Ásia e Líbia.

Remover publicidades

Advertisement

Representação na Arte

Europa cavalgando o touro de Zeus foi um tema popular na arte grega do século 6° a.C., apesar de haver representações mais antigas, um descanso de ânfora, que datam do século anterior. Métopas da tesouraria de Sicião em Delfos (c. 560 a.C. e em fragmentos) e em Selinunte (completa, século 6° a.C.), uma porção do friso do Templo de Atenas no Monte Atos e uma laje de alívio de Pérgamo também mostram o mito. Cerâmicas de figuras negras e gemas eram outros meios pelo qual o mito Zeus-Europa foram; um excelente exemplo disto é a ânfora do Pintor de Edinburgo, agora parte do acervo do Museu de Belas-Artes de Boston. Subsiste ainda uma escultura em pé, trata-se de uma cópia de um original do século 5° a.C. e faz parte do acervo do museu Nacional de Berlim. Europa está envolta em um himation e há uma estatueta menos com “Europa” gravada, identificando a figura maior na mesma composição. O tema de Europa e do touro foi também popular em cerâmicas de figura vermelha durante o século 4° a.C., especialmente na Ática e no sul da Itália. Os romanos continuaram a apreciar e perpetuar este mito, e, ainda hoje, o tema permanece como um dos favoritos e está representado no reverso da moderna moeda grega de dois euros.

Remover publicidades

Publicidade

Sobre o tradutor

Jonas Tenfen
Jonas é professor de ensino médio no Brasil. Ele dedica sua vida profissional à gramática e à literatura, e ele também trabalha como tradutor e redator.

Sobre o autor

Mark Cartwright
Mark é um historiador que vive na Itália. Seus interesses incluem cerâmica, arquitetura, mitologia e a descoberta das ideias que todas as civilizações partilham entre si. Tem Mestrado em Filosofia Política e é o Diretor de Publicação na Enciclopédia da História Mundial.

Citar este trabalho

Estilo APA

Cartwright, M. (2018, Outubro 25). Europa [Europa]. (J. Tenfen, Tradutora). World History Encyclopedia. Recuperado de https://www.worldhistory.org/trans/pt/1-15614/europa/

Estilo Chicago

Cartwright, Mark. "Europa." Traduzido por Jonas Tenfen. World History Encyclopedia. Última modificação Outubro 25, 2018. https://www.worldhistory.org/trans/pt/1-15614/europa/.

Estilo MLA

Cartwright, Mark. "Europa." Traduzido por Jonas Tenfen. World History Encyclopedia. World History Encyclopedia, 25 Out 2018. Web. 06 Jul 2022.